Maia recua após criticar presidente do Banco Central


Da CNN
29 de outubro de 2020 às 13:39

 

Depois de acusar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de ter vazado informações de uma conversa particular que tiveram na quarta-feira (28), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), baixou o tom e agora resolveu registrar a confiança que tem no titular do BC. De volta às redes sociais, Maia afirmou que recebeu ligação de Campos Neto, que negou ter vazado o diálogo.

Leia também:

Após post chamando Maia de 'Nhonho', Salles apaga conta no Twitter

Maia é aconselhado a não responder ataque de Salles

"Recebi há pouco ligação do presidente do BC afirmando que ele não divulgou à imprensa a nossa conversa. Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrado a ligação e a confiança que tenho nele."

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia

Foto: Adriano Machado/Reuters (11.ago.2020)


 (Edição: Leonardo Lellis)