RealTime Big Data: Edmilson Rodrigues (PSOL) lidera com 36% em Belém

Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 11 e 12 de novembro; margem de erro é de 3 pontos percentuais

Luiz Fernando Toledo, Murillo Ferrari e Vital Neto, da CNN, em São Paulo
13 de novembro de 2020 às 16:10 | Atualizado 13 de novembro de 2020 às 17:47

 


Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato Edmilson Rodrigues (PSOL) lidera as intenções de voto à prefeitura de Belém, com 36%. 

Ele é seguido por Priante (MDB), com 20%; Thiago Araujo (Cidadania), com 6%; Vavá Martins (Republicanos) e Delegado Federal Eguchi (Patriota), ambos com 5% cada um.

Na sequência aparecem Cássio Andrade (PSB), com 4%; Gustavo Sefer (PSD), com 3%; Mário Couto (PRTB), Jair Lopes (PCO) e Guilherme Lessa (PTC), com 1% cada um.

Os candidatos Dr. Jerônimo (PMB) e Cleber Rabelo (PSTU) não pontuaram. A pesquisa identificou ainda 11% de nulos e brancos e 7% que não souberam responder. 


Assista e leia também:

Meu local de votação mudou? Veja como consultar

Eleitor poderá justificar ausência por aplicativo de celular; saiba como fazer

Levar a própria caneta e ir sozinho: as recomendações para a votação deste ano


O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de identificação PA00989/2020. Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 11 e 12 novembro. 

A margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isso significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95. 

A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo. 

Edmilson Rodrigues oscilou negativamente um ponto em relação à pesquisa anterior do instituto, feita entre 29 e 31 de outubro, quando tinha 37%. Já Priante (MDB), que tinha 19%, subiu um ponto percentual e agora tem 20%.

Em seguida estão os candidatos Thiago Araujo (Cidadania), que oscilou de 7% para 6%; Vavá Martins (Republicanos), que diminuiu dois pontos e agora tem 5% e Delegado Federal Eguchi (Patriota), que oscilou de 6% para 5%.

Cássio Andrade (PSB), oscilou positivamente 2 pontos, para 4%, Gustavo Sefer (PSD) se manteve estável com 3%, Mário Couto (PRTB) diminuiu dois pontos, para 1%, Jair Lopes (PCO) saiu de 0% para 1% e Guilherme Lessa (PTC) se manteve estável, também em 1%.

Dr Jerônimo (PMB) e Cleber Rabelo (PSTU) não pontuaram.

O percentual de nulos e brancos subiu de 8% para 11% e o dos que não souberam responder subiu de 6% para 7%.


Estimulada e variação de pontos percentuais (p.p.) em relação à pesquisa anterior

Edmilson Rodrigues (PSOL): 36% (-1 p.p.)

Priante (MDB): 20% (+1 p.p.)

Thiago Araujo (Cidadania): 6% (-1 p.p.)

Vavá Martins (Republicanos): 5% (-2 p.p.)

Delegado Federal Eguchi (Patriota): 5% (-1 p.p.)

Cássio Andrade (PSB): 4% (+2 p.p.)

Gustavo Sefer (PSD): 3% (sem variação)

Mário Couto (PRTB): 1% (-2 p.p.)

Jair Lopes (PCO): 1% (+1 p.p.)

Guilherme Lessa (PTC): 1% (sem variação)

Cleber Rabelo (PSTU): 0% (-1 p.p.)

Dr Jerônimo (PMB): 0% (sem variação)

Nulo/branco: 11% (+3 p.p.)

Não sabe: 7% (+1 p.p.)

 

Pesquisa espontânea

Edmilson Rodrigues também está no topo da lista na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, com 32%.

Na sequência da espontânea aparecem Priante (MDB), com 15%; Delegado Federal Eguchi (Patriota) e Thiago Araujo (Cidadania), com 5% cada; Vavá Martins (Republicanos), com 4%, Cássio Andrade (PSB), com 3% e e Gustavo Sefer (PSD), com 1%. 

Outros nomes foram mencionados por 1%, além de 12% de nulo/branco e 22% que não souberam.

Veja os números da pesquisa espontânea:

Edmilson Rodrigues (PSOL): 32%

Priante (MDB): 15%

Delegado Federal Eguchi (Patriota): 5%

Thiago Araujo (Cidadania): 5%

Vavá Martins (Republicanos): 4%

Cássio Andrade (PSB): 3%

Gustavo Sefer (PSD): 1%

Outros: 1%

Nulo/branco: 12%

Não sabe: 22%

 

Simulação de segundo turno


Nesta pesquisa, também foi simulado um eventual segundo turno entre os dois candidatos com mais intenção de voto no primeiro turno: Edmilson Rodrigues (PSOL) e Priante (MDB).

Edmilson Rodrigues (PSOL): 51%

Priante (MDB): 30%

A pesquisa identificou ainda 13% de nulos e brancos e 6% que não souberam responder. 


Rejeição 


Em relação à rejeição, Edmilson Rodrigues empata tecnicamente, dentro da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos, com o candidato Priante (MDB). 

Rodrigues tem rejeição de 34% e Priante, 32%. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja abaixo a rejeição por candidato (em %):

Edmilson Rodrigues: 34% (+1 p.p.)

Priante: 32% (-4 p.p.)

Vavá Martins: 22% (-4 p.p.)

Thiago Araújo: 21% (-4 p.p.)

Delegado Federal Eguchi: 18% (-3 p.p.)

Mário Couto: 15% (-10 p.p.)

Cássio Andrade: 15% (-2 p.p.)

Gustavo Sefer: 14% (-4 p.p.)

Jair Lopes: 14% (-4 p.p.)

Cleber Rabelo: 14% (-1 p.p.)

Dr Jerônimo: 13% (-2 p.p.)

Guilherme Lessa: 13% (-2 p.p.)

 

Maioria em Belém aprova governador e desaprova prefeito e presidente


A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação do prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), do governador Helder Barbalho (MDB) e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Veja os resultados:

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro em Belém

Desaprova: 51%

Aprova: 42%

Não sabe: 7%

 

Avaliação do governador Helder Barbalho em Belém

Aprova: 54%

Desaprova: 37%

Não sabe: 9%

 

Avaliação do prefeito Zenaldo Coutinho

Desaprova: 77%

Aprova: 17%

Não sabe: 6%