A moderação ganhou, avalia cientista político sobre resultados das eleições

Murillo de Aragão também analisou como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sai destas eleições

Da CNN, em São Paulo
16 de novembro de 2020 às 23:23 | Atualizado 16 de novembro de 2020 às 23:27

 

Em entrevista à CNN, o cientista político Murillo de Aragão analisou os resultados do primeiro turno das eleições municipais deste ano. Na avaliação dele, "claramente quem ganhou foi a moderação".

"Isso porque houve uma concentração de políticos de centro, ainda como bem disse Rodrigo Maia, não existe um ponto de centro, o centro é povoado por várias tendências, mas essas tendências predominaram", argumentou.

Assista e leia também:

Bolsonaro avalia mudança de estratégia em segundo turno

Questionado sobre como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sai destas eleições, Aragão disse acreditar que ele perdeu uma grande oportunidade de se estruturar para a campanha presidencial de 2022.

"Ele apostou em alguns candidatos que não foram necessariamente bem e espera que a vitória do centrão, que o apoia, signifique uma futura base a ser solidificada, visando sua reeleição."

 

(Publicado por Sinara Peixoto)