Alexandre Garcia lista partidos dos quais Jair Bolsonaro pode fazer parte

Jornalista avalia em quais legendas o presidente, atualmente sem partido, se daria bem

Da CNN, em São Paulo
19 de novembro de 2020 às 10:29 | Atualizado 19 de novembro de 2020 às 10:30


No quadro Liberdade de Opinião desta quinta-feira (19), o jornalista Alexandre Garcia comenta o destino político do presidente Jair Bolsonaro, que deve escolher nos próximos meses um partido para fazer parte. 

Bolsonaro decidiu, há pouco mais de um ano, deixar o PSL e criar um novo partido, chamado Aliança Pelo Brasil.

"Melhor caminho, se ele ouvir os políticos, é o que está se marcando agora. Ele já recebeu convite do Progressistas para que voltasse. Foi o partido em que ele ficou mais tempo, 11 de 29 anos. O Progressistas já está bem estabelecido, é campeão de prefeituras no Nordeste, que era tradicional reduto do PT. Fez uma excelente eleição no país inteiro", avalia.

Leia também
Maia intensifica articulação para eleição na Câmara; Bolsonaro discute cenários
Radar Político: Futuro partidário de Bolsonaro só deve ser definido em 2021
Em jantar com Maia e Alcolumbre, Centrão discute eleições e ‘apagão econômico’

Há outras opções, conta. "O PSD também, será que ele se daria com o (Gilberto) Kassab? Pode ficar com o Democratas, até para evitar que o DEM busque uma terceira via. O Patriota, o Republicanos são opções, mas tem estrutura menor".

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN

(Publicado por: Marina Motomura)