Covas "perde" para soma de abstenção, nulos e brancos em SP

Somados, os "não votos" chegam a 3.649.123 na capital paulista, contra quase 3,2 milhões de votos recebidos pelo tucano

Marina Motomura Da CNN, em São Paulo
29 de novembro de 2020 às 20:27 | Atualizado 29 de novembro de 2020 às 21:23

 


 A soma de votos brancos, nulos e abstenções foi superior ao número de votos obtidos pelo prefeito reeleito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

Covas venceu Guilherme Boulos (PSOL) no segundo turno das eleições neste domingo (29).

Com 100% das urnas apuradas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o tucano obteve 3.169.121 votos, o equivalente a 59,4% dos votos válidos.

Leia também:

Apuração dos votos em São Paulo

Vice diz que será 'fiel escudeiro' de Covas e exalta origem na periferia

Boulos obteve 2.168.109 votos -- 40,6% dos válidos.

Os votos nulos foram 607.062 e os votos em branco somaram 273.216.

A abstenção foi de 2.769.179 eleitores.

Somados, os "não votos" chegam a 3.649.457.

Clique aqui para ver os detalhes da totalização no site do TSE.