Bruno Covas (PSDB) é reeleito prefeito de São Paulo

Atual prefeito teve quase 60% dos votos válidos e derrotou Guilherme Boulos (PSOL) no segundo turno

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
29 de novembro de 2020 às 18:56 | Atualizado 29 de novembro de 2020 às 22:05

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi reeleito neste domingo (29).

Covas derrotou o candidato Guilherme Boulos (PSOL). Com 100% das urnas apuradas, Covas chegou a 59,38% dos votos válidos, enquanto Boulos teve 40,62% do total.

No primeiro turno, Covas havia tido 32,85% dos votos, contra 20,24% do adversário do PSOL.

O número de abstenções foi alto: 30,81% dos eleitores de São Paulo não foram votar. Daqueles que foram, 14,15% anularam ou votaram em branco. No total, 40,61% dos eleitores não escolheram nenhum dos dois candidatos.

Bruno Covas Lopes tem 40 anos e é prefeito de São Paulo desde abril de 2018, quando assumiu após a renúncia do hoje governador João Doria (PSDB) para concorrer ao governo de São Paulo

Veja o resultado completo do primeiro turno 

Covas tem desafio de continuar a cuidar da capital mais endividada do país

Covas "perde" para soma de abstenção, nulos e brancos em SP

Em primeiro discurso após ser eleito, Covas fala em "política sem ódio"

Bruno Covas: Conheça a história e a carreira do prefeito reeleito de São Paulo

Durante a gestão Doria no Executivo municipal, Covas também secretário municipal das Prefeituras Regionais e da Casa Civil. 

Antes, Bruno Covas foi duas vezes deputado estadual, secretário estadual do Meio Ambiente e deputado federal. Filiado ao PSDB desde os 18 anos, Bruno é neto do ex-governador Mário Covas, morto em 2001.

Bruno Covas (PSDB) é reeleito prefeito de São Paulo

Foto: CNN