Cidadania afasta deputado Fernando Cury, acusado de abusar colega Isa Penna


Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
18 de dezembro de 2020 às 16:29 | Atualizado 18 de dezembro de 2020 às 16:46


 

O partido Cidadania decidiu nesta sexta-feira (18) afastar da legenda o deputado estadual Fernando Cury, gravado na quarta (16) em cena de abuso contra a colega Isa Penna (PSOL) no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo.

A decisão foi tomada pelo presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire. Na véspera, o partido havia anunciado que levaria o deputado estadual a um julgamento no Conselho de Ética da legenda, podendo resultar na expulsão.

Assista e leia também:

Me sinto exposta e violada, diz deputada vítima de abuso na Alesp

'Pink tax': As mulheres gastam mais do que os homens ou apenas pagam mais caro?

Salários despencam na pandemia e mulheres são as mais afetadas, aponta relatório

Segundo nota do Cidadania, o conselho pode se reunir ainda nesta sexta para começar a analisar o caso. Até lá, Fernando Cury está afastado de todas as posições ligadas ao partido, incluindo a representação em nome do Cidadania na Alesp.

Deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) coloca mão no seio de deputada estad

Deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) coloca mão no seio de deputada estadual Isa Penna (PSOL) durante sessão na Alesp (15.dec.2020)

Foto: CNN Brasil

Vídeo mostra Isa Penna de costas, conversando com o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), quando Cury se aproxima e a abraça por trás, tocando os seios da parlamentar. A deputada registrou boletim de ocorrência contra o colega, sob a acusação de importunação sexual.