Eduardo Pazuello diz que fica na Saúde até a próxima quarta-feira (24)

Apesar de ter tido o nome anunciado há uma semana, a posse de Marcelo Queiroga até agora não foi marcada formalmente

Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
22 de março de 2021 às 13:27 | Atualizado 22 de março de 2021 às 13:42

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse após reunião no Planalto que fica no cargo pelo menos até a próxima quarta-feira (24). Com isso, a posse do novo ministro, Marcelo Queiroga, pode ficar apenas para quinta-feira (25).

O Ministério da Saúde informou à CNN que, até lá, Pazuello deve fazer novos anúncios sobre a cobertura da vacinação do coronavirus.

Na reunião desta segunda-feira (22), fora da agenda, estiveram Queiroga, Pazuello e Jair Bolsonaro. Apesar de ter tido o nome anunciado há uma semana, a posse de Queiroga até agora não foi marcada formalmente. A expectativa era de que o evento ocorresse nesta terça-feira (23).

A demora, afirmam assessores da presidência, tem a ver com os vínculos que Queiroga ainda não desfez com empresas e a entidade que ele presidia, a Sociedade Brasileira de Cardiologia.
O governo diz que Queiroga assumirá quando não tiver mais relação com outros lugares onde trabalhou.

Novos anúncios

Antes de deixar a pasta, Pazuello pretende anunciar o início da vacinação de novos grupos, com a inclusão de duas categorias de classe, em um tipo de calendário especial.

O ministério deve divulgar quais profissionais serão enquadrados ainda nesta segunda-feira.
Até aqui, idosos, pessoas com deficiência, indígenas, profissionais de saúde estão sendo vacinados.