Governadores enviam carta para ONU e pedem ajuda para superar pandemia

Documento menciona que Brasil já ajudou outros países

Leandro Resende
Por Leandro Resende, CNN  
30 de março de 2021 às 19:55 | Atualizado 31 de março de 2021 às 16:45

 O Fórum dos Governadores enviou nesta terça-feira (30) uma carta para solicitar um encontro com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas Antonio Guterres e pedir “ajuda humanitária”para o Brasil.Os chefes dos Executivos estaduais que assinam a carta lembram que o país é hoje “epicentro da pandemia de coronavírus no mundo". O texto pede que a ONU ajude o Brasil a conseguir acelerar a entrega de doses de vacina.


A proposta de levar à ONU a discussão sobre a gravidade da pandemia no Brasil surgiu na semana passada, durante a primeira reunião do Comitê Nacional de Combate à Covid-19, coordenador pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. A carta é assinada pelo governador do Piauí, Wellington Dias, que coordena o tema das vacinas contra covid19 no Fórum. Na qualidade de membro efetivo dessa Organização, o Brasil participou muitas vezes de ajudas humanitárias nos mais diversos campos de atuação em escala global.

Atualmente, o País é considerando o epicentro da pandemia no mundo, registrando 
o maior número de óbitos por dia, além de apresentar enormes riscos de propagação de 
variantes, mais contagiosas e letais, do novo coronavírus. Tendo em vista esse cenário,
pedem a sensibilidade do mundo e ajuda humanitária: oportunidades de aquisição de mais vacinas", diz trecho da carta.

Nesta terça-feira (30), a coordenadora da ONU no Brasil, Marlova Noleto, afirmou à CNN que a crise no país é "humanitária" e que tenta ajudar o país a antecipar vacinas.

Atualmente, o Brasil é considerado o epicentro da Covid-19 no mundo
Foto: REUTERS/Amanda Perobelli