Sidney Rezende: Manifestações pró-governo terão pouco efeito na CPI da Pandemia

No quadro Liberdade de Opinião, jornalista analisou atos registrados em várias capitais brasileiras a favor do presidente Jair Bolsonaro

Da CNN, em São Paulo
03 de maio de 2021 às 10:23

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (3), Sidney Rezende analisou as manifestações registradas em várias capitais brasileiras a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no último fim de semana. São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília foram algumas das cidades que tiveram atos pró-governo

"Eles levaram para as ruas três bandeiras principais: a defesa da abertura irrestrita do comércio; oposição ao Supremo Tribunal Federal, que já vem de algum tempo; e oposição a prefeitos e governadores contrários à gestão Bolsonaro, que é a agenda do governo federal e dos bolsonaristas", afirmou Rezende.

O jornalista acredita, entretanto, que os atos terão algum efeito significativo na CPI da Pandemia. "Com relação à pressão à CPI, não terá esse efeito que eles estão imaginando, mas demonstra que os bolsonaristas já estão, a um ano e pouco da eleição, preparados para se mobilizarem. Eu vejo um efeito e consequência da manifestação muito limitada, não é ainda manifestação que pode-se dizer que foi um sucesso total. Não foi o caso e tenho pra mim que ela terá limite pequeno ao tentar pressionar os senadores da CPI que investiga erros e acertos da pandemia."

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (3.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.