Ministros do STF veem com descrédito ação de Bolsonaro contra governadores

Definição do ministro Luís Roberto Barroso como relator do caso apresentado por Bolsonaro minimiza chances de cenário favorável para o Planalto

Da CNN, em São Paulo
28 de maio de 2021 às 18:14 | Atualizado 28 de maio de 2021 às 18:16

A definição do ministro Luís Roberto Barroso como relator no Supremo Tribunal Federal (STF) da ação apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra medidas restritivas adotadas por governadores minimiza as chances do governo federal na Corte. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

No Supremo, a avaliação é de que o governo tinha apenas uma chance de sair com vantagem na ação: se o ministro Kassio Nunes Marques, o único indicado à Corte por Bolsonaro, ficasse como relator do caso.

Para os ministros do STF, o presidente da República já sabe que há poucas chances da ação prosperar no plenário do Supremo. Com o aumento de casos de Covid-19 em todo o país, é praticamente impossível acabar com as restrições preventivas adotadas por estados. 

Por isso, Bolsonaro acena para sua base radical afirmando, mais uma vez, que é impedido pelo STF de suspender as medidas dos governadores.

Presidente Jair Bolsonaro
Foto: Mateus Bononi/Getty Images