Integrantes do Patriota vão ao TSE em reação à filiação de Flávio Bolsonaro

Membros da sigla foram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra mudanças aprovadas no estatuto do partido

Da CNN, em São Paulo
31 de maio de 2021 às 18:36

Em reação ao anúncio da filiação do senador Flávio Bolsonaro ao Patriota, integrantes da sigla foram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra mudanças aprovadas no estatuto do partido. As informações são da analista de política da CNN Renata Agostini.

As alterações no estatuto do Patriota abrem espaço para a chegada tanto do senador quanto, mais à frente, do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à legenda. No TSE, o caso foi distribuído para o ministro Edson Fachin.

Na semana passada, Flávio Bolsonaro deixou o Republicanos, onde estava desde março de 2020. Ele foi para o Republicanos convidado pelo presidente do partido, Adilson Barroso.

Sobre a ida para o Patriota, o senador disse: "A minha vinda para o Patriota é para somar. Queria fazer um convite a todos para construirmos juntos o maior partido do Brasil após as eleições de 2022. A gente tem tudo para isso, basta deixar as pequenas vaidades de lado.”

O senador Flávio Bolsonaro
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (22.jun.2020)