Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    À CNN, ministro da CGU confirma registro de vacinação de Bolsonaro contra Covid

    Controladoria apura se houve adulteração na carteira de vacinação do ex-presidente; dose teria sido aplicada no dia 19 de julho de 2021

    Da CNN

    Há registro de vacinação contra a Covid-19 do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou Vinícius de Carvalho, ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), em entrevista à analista de Política da CNN Raquel Landim e ao âncora da CNN Felipe Moura Brasil nesta sexta-feira (17).

    Carvalho confirmou a existência de uma troca de ofícios entre a CGU e o Ministério da Saúde questionando se Bolsonaro teria recebido uma dose da vacina Janssen no dia 19 de julho de 2021.

    “Esse registro existe. Pelo menos pelo que a gente sabe das informações. Se isso está em um ofício da CGU, a CGU não faz uma pergunta à toa. Se esse registro está em um ofício da CGU, eu não tenho como negar”, pontuou.

    Agora, a Controladoria investiga se esse registro foi adulterado ou não. Assim, apenas com o registro, não é possível confirmar se Jair Bolsonaro efetivamente se vacinou contra o coronavírus.

    O jornal “O Estado de S. Paulo” noticiou anteriormente a existência do registro, que foi confirmado por Raquel Landim, da CNN. Os dados indicam que a possível vacinação teria acontecido no bairro de Perus, na cidade de São Paulo.

    O ministro explicou que, a partir de uma denúncia realizada no ano passado de que haveria adulteração, foi aberta investigação sobre o assunto no dia 30 de dezembro.

    “Se há anotações no cartão de vacina dele [Bolsonaro], do DataSUS, de que ele se vacinou e se houver uma inserção indevida de anotações sobre a vacina dele, seja no sentido de colocar informações de que ele se vacinou ou de retirar informações relativas à sua vacinação, nossa expectativa é que, com a apuração, a gente descubra se isso aconteceu”, destacou.

    *publicado por Tiago Tortella, da CNN