Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Advogado de Mauro Cid encontra Moraes e diz que está à disposição

    Cezar Bitencourt se apresentou ao ministro, disse que está à disposição e terminando de estudar o caso para definir os próximos passos

    Conversa de Cezar Bitencourt com ministro do STF durou cerca de seis minutos
    Conversa de Cezar Bitencourt com ministro do STF durou cerca de seis minutos Arquivo - Reprodução/CNNN

    Taísa MedeirosThais ArbexLucas Mendesda CNN

    Brasília

    O advogado do tenente-coronel Mauro Cid, Cezar Bitencourt, se encontrou na tarde desta quinta-feira (24) com o ministro Alexandre de Moraes, no Supremo Tribunal Federal (STF).

    O encontro foi feito no Salão Branco da Corte, ao lado do plenário, durante o intervalo da sessão. Durou cerca de seis minutos.

    VÍDEO – Mauro Cid decide ficar em silêncio na CPI do DF

    Conforme apurou a CNN, o advogado se apresentou ao magistrado, disse que está à disposição e que está terminando de estudar o caso para definir os próximos passos. Ao deixar o local, Bitencourt não fez declarações e nem falou com a imprensa.

    Moraes é o relator de apurações que envolvem Cid na Corte.

    Ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cid é alvo de apurações que tramitam no STF.

    Entre os casos, está o da suposta venda ilegal de joias recebidas pela Presidência da República em viagens ao exterior e o da suposta fraude nos cartões de vacina de Bolsonaro.

    Cid contratou Bitencourt para sua defesa em 15 de agosto, para assumir sua defesa nos casos que correm no STF, entre eles o caso das joias.

    Em entrevista à CNN, na segunda-feira (21), Cezar Bitencourt, afirmou que Cid fará uma confissão e admitirá ter recebido ordem do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no caso das joias.

    “É uma confissão. [Cid] vai admitir. As provas estão aí, ele vai admitir. Mas isso é início de conversa. Nem falei com o delegado que está com a investigação”, disse Bitencourt.

    Conforme explicou o advogado, o ex-ajudante de ordens, que está preso desde maio, teria ouvido a seguinte frase de Bolsonaro: “Resolve isso aí, Cid”.

    VÍDEO – Mauro Cid confessará e admitirá ordem de Bolsonaro, diz advogado à CNN

    Tópicos

    Tópicos