Alexandre Garcia: Todos nós perdemos com a rejeição da PEC do voto impresso

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (10), o jornalista avaliou a decisão do plenário da Câmara dos Deputados de rejeitar a PEC do voto impresso

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (11), Alexandre Garcia avaliou a decisão do plenário da Câmara dos Deputados de rejeitar a PEC do voto impresso. Foram 229 votos favoráveis, 218 contrários, uma abstenção e 64 ausências.

Como a matéria não obteve os 308 votos necessários para ser votada em segundo turno, a PEC foi arquivada. Logo após a votação, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), agradeceu aos deputados pelo comportamento democrático e afirmou esperar que o assunto seja encerrado.

Garcia analisou: “… Perdemos todos porque os partidos políticos, os candidatos e eleitores não terão aquela segurança da garantia do voto. Foi um resultado talvez esperado porque toda mídia estava fazendo campanha contra o voto auditável. Ainda assim foi, aparentemente, apertado o resultado. Só que no fundo foi uma goleada que sofreu o voto auditável, porque faltaram 79 votos para chegar aos 308 e não adiantaria as ausências nem a abstenção votarem a favor. O que foi decisivo foram os votos contrários”.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Alexandre Garcia e Fernando Molica. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (11.ago.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN