Alexandre Silveira será líder do governo no Senado após posse, diz Flávio Bolsonaro

Senador irá assumir vaga deixada por Antonio Anastasia, eleito para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas da União (TCU)

Douglas Portoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) afirmou, nesta quinta-feira (20), em entrevista à CNN, que Alexandre Silveira (PSD-MG) será o líder do governo no Senado Federal após tomar posse da vaga deixada por Antonio Anastasia (PSD-MG), eleito para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas da União (TCU).

“O senador Alexandre Silveira é um excelente quadro, um político muito experiente e já vinha atuando no Senado em auxílio ao presidente Rodrigo Pacheco (PSD-MG), como suplente do senador Anastasia. É apenas uma questão de tempo, de uma pequena burocracia para que haja a formalização e ele tome posse de seu cargo de senador. Assim que isso acontecer, ele será o líder do governo no Senado Federal”, disse Flávio Bolsonaro.

A informação de que Alexandre Silveira foi escolhido líder do governo no Senado foi antecipada pela âncora da CNN Daniela Lima.

“Foi uma ideia inicial do presidente Bolsonaro e, óbvio, ele conversou com todo mundo, com o próprio presidente Rodrigo Pacheco, com os líderes no Senado, com o nosso líder do governo no Congresso Nacional, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), com vários ministros. O nome do Alexandre Silveira foi uma unanimidade pelas suas virtudes e qualidades”, continua.

Flávio Bolsonaro ainda explica que houve uma conversa entre Silveira e o presidente da República, em que ficou um “sentimento de maior conforto”. O senador ainda explica que já há diálogo para que ele tenha conhecimento das propostas que serão enviados do Executivo para o Senado.

“Tudo o que o senador Alexandre Silveira conversou com o presidente Bolsonaro é o que ele gostaria de ouvir. Uma pessoa que está disposta a colaborar com seu relacionamento, seu conhecimento de político dentro do Senado Federal para ajudar o nosso Brasil.”

Partidos da coligação de reeleição de Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro afirma que a futura coligação que irá apoiar a campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) será divulgada em breve. Por ora, ele afirma que “o PP do ministro [da Casa Civil] Ciro Nogueira é algo bastante claro, não há dúvida no tocante a caminharmos juntos.”

Ainda são citadas conversas com o União Brasil, legenda que surgiu da após a fusão do Democratas e do PSL. Flávio Bolsonaro afirma que mantém conversas com o deputado federal Luciano Bivar, presidente do União Brasil, afirmando “que o respeita muito”.

“Temos tido conversas com diversos outros partidos importantíssimos e que já nos acompanham nas votações do Congresso Nacional e já há um entendimento majoritário dentro de cada partido que a decisão de caminhar com o Bolsonaro é a melhor de todas por identidade ideológica e programática.

“Posso citar vários aqui: o Republicanos, o próprio PTB, o PSC. O PROS e Avante vamos buscar diálogo também. E principalmente o União Brasil. Eu tenho mantido conversas com algumas pessoas do partido para compreender qual o pensamento deles”.

De acordo com o Senador, ainda não há definição sobre o candidato a vice-presidente por Bolsonaro. “Ele tem vários nomes em mente, mas o vice é uma das últimas coisas que você define. Depende também dessa coalizão. Normalmente, o vice pode vir de outro partido ou poder vir do PL”.

Confira a íntegra da entrevista no vídeo acima.

Mais Recentes da CNN