Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Aliados avaliam que caso Covaxin aumenta dependência de Bolsonaro do centrão

    A leitura entre alguns aliados de Bolsonaro é de que a crise da compra da Covaxin vai impactar de imediato o governo

    Da CNN, em São Paulo

    As acusações de irregularidades na compra da Covaxin pelo governo federal aumentarão a dependência do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) com o centrão, segundo a avaliação de aliados do Palácio do Planalto. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

    A leitura entre alguns aliados de Bolsonaro é de que a crise da compra da Covaxin vai impactar de imediato o governo, mudando o nível da pressão que o presidente vem sofrendo.

    Diante deste cenário, a leitura é de que o governo federal está no momento mais dependente do centrão, em especial do PP.

    O presidente do partido, Ciro Nogueira (PP-PI), é defensor de Bolsonaro na CPI da Pandemia, enquanto o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), é aliado do Palácio do Planalto.

    Pessoas próximas a Lira dizem que as suspeitas em torno do contrato de compra da Covaxin não mudam a disposição do deputado de manter engavetados os mais de 100 pedidos de impeachment na Câmara, mas que a situação amplia a dependência do presidente do centrão.

    Jair Bolsonaro e Arthur Lira
    Jair Bolsonaro e Arthur Lira
    Foto: Marcos Corrêa/PR