Aliados de Bolsonaro não querem encontro com Pacheco sobre STF 

Presidente quer entregar processo ao Senado contra os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso

Bárbara Baião, da CNN, em Brasília 

Ouvir notícia

Assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentam convencê-lo a não ir entregar pessoalmente ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), um pedido de impeachment contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Vozes opositoras e aliadas ao governo não acreditam em um avanço de investigações oferecidas pelo Palácio do Planalto contra os membros da corte. Governadores de 13 estados e do Distrito Federal, por exemplo, divulgaram nesta segunda-feira (16) uma nota de solidariedade ao STF.

Já Pacheco, sem citar nomes, disse por meio do Twitter que “é recomendável, nesse momento de crise, mais do que nunca, a busca de consensos e o respeito às diferenças”. “Patriotas são aqueles que unem o Brasil, e não os que querem dividi-lo”, completou.

Presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro
Foto: Andre Borges/NurPhoto via Getty Images

(Publicado por Nathallia Fonseca)

Mais Recentes da CNN