Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    André Mendonça toma posse como ministro substituto do TSE

    Magistrado irá ocupar a vaga que era do ministro Ricardo Lewandowski, que assumiu a titularidade da Corte em 8 de março

    André Mendonça, ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
    André Mendonça, ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Nelson Jr./SCO/STF

    Douglas Portoda CNN em São Paulo

    André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), assumiu, nesta terça-feira (5), como ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O magistrado irá ocupar a vaga que era até então de Ricardo Lewandowski, que se tornou ministro titular da Corte em 8 de março.

    Mendonça foi eleito para o cargo pelos membros da Suprema Corte em 17 de março.

    Além de Lewandowski, o presidente do TSE, ministro Edson Fachin e o ministro Alexandre de Moraes ocupam as vagas efetivas destinadas ao STF. A ministra Cármen Lúcia e o ministro Nunes Marques ocupam as demais posições reservas.

    Ainda fazem parte como titulares o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Mauro Luiz Campbell Marques, e Benedito Gonçalves, ambos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ). E os juristas Sérgio Silveira Banhos e Carlos Bastide Horbach, que foram nomeados pelo presidente da República a partir de uma lista tríplice.

    Já os demais ministros substitutos são: Raul Araújo Filho e Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, do STJ, e Carlos Mário da Silva Velloso Filho e Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro, do juri.