Antes de acabar, CPI deve fazer audiência com familiares de vítimas da Covid

A CNN obteve a lista que está sendo organizada pelo grupo majoritário da comissão com os doze atos finais da CPI

Os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL) na CPI da Pandemia
Os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL) na CPI da Pandemia Foto: Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

 

Depois de ouvir testemunhas e investigados, a CPI da Pandemia quer concluir os trabalhos com uma audiência para ouvir familiares de vítimas da Covid-19 e pessoas que foram infectadas pelo vírus.

A CNN obteve a lista que está sendo organizada pelo grupo majoritário da comissão com os doze atos finais da CPI. A relação reserva três encontros para tratar da gestão dos hospitais federais do Rio de Janeiro.

Nomes para serem ouvidos:

1. Túlio Silveira, advogado da Precisa Medicamentos que está sendo ouvido nesta quarta-feira.
2. Francisco Maximiano, dono da Precisa Medicamentos
3. Presidente do FIB Bank, banco que teria emitido carta à Precisa Medicamentos
4. Dono da VTCLOG, empresa com contratos de logística com o Ministério da Saúde
5. Emanuel Catori, presidente da Belcher Farmacêutica do Brasil
6. Francisco Araújo, ex-secretário da Saúde do Distrito Federal
7. Ricardo Santana, considerado lobista pela CEMED
8. Hospital Federal do RJ
9. Hospital Federal do RJ
10. Hospital federal do RJ
11. Elcio Franco, ex-secretário executivo do Ministério da Saúde
12. Audiência com as vítimas de COVID

Mais Recentes da CNN