Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Antes de receber Lula, Cuba pede mais prazo para pagar dívida do Porto de Mariel

    Ministério da Fazenda montou um grupo de trabalho para calcular o valor total das dívidas

    Raquel Landimda CNN

    São Paulo

    Cuba solicitou ao Brasil mais prazo para saldar as dívidas contraídas para a construção do Porto de Mariel. Segundo apurou a CNN, o regime cubano alegou que enfrenta um momento econômico complicado.

    O Ministério da Fazenda montou um grupo de trabalho para calcular o valor total das dívidas, que gira em torno de US$ 500 milhões. O empréstimo inicial foi selado no início dos anos 2000 e tinha prazo de 25 anos. A empreiteira responsável pela obra foi a Odebrecht.

     

    O caso cubano é mais complicado que o da Venezuela, por exemplo, porque os venezuelanos dispõem de petróleo e da venda de energia para Roraima. Cuba e Venezuela deram calote no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que foi ressarcido pelo Tesouro Nacional.

    Existe uma boa vontade do governo Lula de renegociar a dívida depois que ex-presidente Jair Bolsonaro rompeu relações com a ilha. Técnicos da equipe econômica ponderam, no entanto, que mesmo o aumento do prazo teria que ser aprovado pelo Senado.

    Veja também: Lula terá agendas antagônicas em viagens para Cuba e para os EUA