Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Arthur Lira diz que governo Lula ainda não tem base no Congresso para aprovar propostas

    Declaração foi dada durante conversa com empresários na Associação Comercial de São Paulo

    Matheus Meirellesda CNN

    Em São Paulo

    O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que, até o momento, o Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda não tem força no Congresso para avançar com temas como a reforma tributária.

    Segundo ele, o governo não tem força para aprovar matérias simples, quanto mais textos que demandam alteração constitucional. A declaração foi dada nesta segunda-feira (6), durante conversa com empresários na Associação Comercial de São Paulo.

    “Aguardamos o amadurecimento da base do governo. Hoje, o Governo ainda não tem uma base consistente na Câmara e no Senado”, ressaltou.

    Lira apontou que há vontade conjunta e que vai trabalhar para a aprovação da reforma tributária. “Vamos revisitar conversas”.

    Arthur Lira defendeu a instauração do semipresidencialismo no Brasil, mas, rechaçou as críticas de que pretende atuar como primeiro-ministro. “Para 2030 ou 2034, seria essencial para esse país, para a gente sair desse emaranhado do presidencialismo de coalizão, confundido com o ‘toma lá dá cá’”, destacou.

    Lira destacou que com a definição do comando das Comissões Permanentes na Câmara, será possível ter um termômetro de como as matérias vão avançar no Legislativo.

    O presidente da Câmara defendeu ainda a independência do Banco Central e a lei das estatais e criticou as abordagens do governo Lula. “Falas que não agregam, só pioram o ambiente”, disse Lira.

    Ele criticou os ataques ao Centrão, disse que grupos parecidos existem desde a redemocratização é que o grupo atual pode ser definido como “light”.