Barroso: Acabamos com fraudes do tempo do voto em papel

Presidente do TSE voltou a defender urna eletrônica em webinário promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Rio de Janeiro (EJE-RJ)

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, voltou a defender a urna eletrônica nesta quarta-feira (4). Em webinário promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do Rio de Janeiro (EJE-RJ), ele afirmou que o sistema eleitoral atual acabou com as fraudes promovidas pelo voto impresso, bandeira defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Uma das vertentes do autoritarismo contemporâneo é o discurso de que ‘se eu perder [as eleições], houve fraude’, que é a inaceitação do outro”, disse Barroso. 

“Concluo com a defesa que tenho feito com a ajuda de todos os presidentes dos tribunais regionais eleitorais do sistema eleitoral eletrônico brasileiro, que em 25 anos nunca apresentou um caso sequer comprovado de fraude. Mas ao contrário, acabamos com as fraudes que marcaram a vida brasileira no tempo do voto em papel”, disse. 

Ministro Luis Roberto Barroso, do TSE
Ministro Luis Roberto Barroso, do TSE
Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE

Mais Recentes da CNN