Bolsonaro e primeira-dama recebem mães de filhos com doenças raras no Alvorada

Durante o evento, 20 mulheres puderam fazer sobrancelhas, unha, penteados, massagem e maquiagem

Michelle Bolsonaro em encontro com mães no Alvorada
Michelle Bolsonaro em encontro com mães no Alvorada José Dias/PR

Leandro Magalhãesda CNN

Em Brasília

Ouvir notícia

O Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, em Brasília, recebeu mães em situação de vulnerabilidade cujos filhos possuem alguma doença rara. Durante o dia, em evento organizado pelo programa Pátria Voluntária, 20 mulheres puderam fazer sobrancelhas, unha, penteados, massagem e maquiagem.

Uma roda de conversa com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e secretários do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos também foi realizada.

“Esse momento de diálogo entre essas fortes mulheres e representantes do governo foi importante, porque elas puderam abrir o coração e compartilhar suas demandas. Foram horas de muita emoção. E fazer parte disso encheu meu coração de alegria, especialmente porque envolve o público raro. Queríamos que essas mães, que estão sempre dedicando cuidados aos filhos, que se sentissem acolhidas e recebessem uma atenção especial”, destacou a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Mães de filhos com doenças raras no Alvorada / José Dias/PR

O evento fechou as celebrações do Dia Mundial e Nacional das Doenças Raras, organizado pelo Pátria Voluntária e liderado pela primeira-dama. Todos os serviços foram oferecidos por profissionais voluntários, segundo a assessoria do programa.

“Com esse evento, conseguimos promover a acessibilidade, estimulamos o engajamento social, incentivamos o voluntariado e possibilitamos um elo entre o poder público e pessoas em situação de vulnerabilidade”, ressaltou a secretária-executiva do programa, Adriana Pinheiro.

Presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, com mães de filhos de doenças raras / José Dias/PR

Mais Recentes da CNN