Bolsonaro tentou antecipar megagrupos, dizem fontes

Presidente também aproveitou o encontro com os representantes do WhatsApp para fazer críticas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Caio Junqueira

Ouvir notícia

Fontes do Palácio do Planalto informaram à CNN que o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez durante a reunião com representantes do WhatsApp uma última tentativa para que a empresa lançasse no país antes das eleições de outubro o novo recurso do aplicativo, o Comunidades, que na prática permite que mensagens tenham maior alcance.

Os mesmos interlocutores disseram que ele também questionou se a empresa poderia fazer testes do aplicativo no Brasil ainda neste ano, ainda que sua implementação não fosse possível antes das eleições. Os executivos, então, teriam sinalizado que poderiam fazer testes em pequena escala no Brasil, sem deixar claro quando isso ocorreria.

Bolsonaro também aproveitou o encontro com os representantes do WhatsApp para fazer críticas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Seus interlocutores disseram que o presidente afirmou aos executivos que eles eram livres para fazer o que quisessem no Brasil, mas que o TSE não poderia dizer a eles o que fazer e que, se isso tivesse ocorrido, não iria aceitar.

Após ouvir o relato de que não seria possível implementar no Brasil o Comunidades antes das eleições e que isso se tratava de uma decisão global da empresa por questões de mercado sem qualquer relação com o Tribunal Superior Eleitoral, o presidente considerou a questão encerrada.

Mais Recentes da CNN