Bolsonaro usa foto de modelos em vídeo publicitário de conversa com cidadãos

Nos diálogos, presidente responderia questionamento de brasileiros, mas imagens foram retiradas de bancos de imagens

Fernando Molicada CNN

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou em suas redes sociais filmes curtos, em tom documental, em que cidadãos lhe fariam perguntas a respeito de temas que dizem respeito às suas regiões e ele responderia os questionamentos.

Acontece que as fotos utilizadas para representar os supostos questionadores não eram das pessoas apontadas, mas retratos de modelos que podem ser adquiridos em bancos particulares de imagem, que abastecem campanhas publicitárias.

Em trecho do vídeo, por exemplo, uma mulher é identificada como Maria Eulina e apresentada como moradora de Penaforte (CE). Ela pergunta a Bolsonaro sobre a transposição do Rio São Francisco e o presidente relata a inauguração recente do Eixo Norte da obra, que o levou ao Ceará na semana passada.

Outra pergunta vem de um homem identificado como Francisco Valmar, morador de Parnamirim (RN), e trata sobre trens urbanos. Além de ser uma foto de banco de imagem, o retrato deste homem já foi inclusive usado em outras campanhas publicitárias, incluindo um vídeo intitulado “Brasil Não Pode Parar”, contra as medidas de isolamento social adotadas por estados e municípios.

Banco de imagens
Bolsonaro usa foto de modelos em conversa com cidadãos
Foto: CNN (1º.jul.2020)

Em nota, o Palácio do Planalto afirma que “o vídeo publicado no dia de hoje, 1º de julho, nas redes pessoais do presidente Jair Bolsonaro trata-se de uma peça piloto, inacabada, que não deverá ser veiculada, não possuindo, portanto, caráter oficial. De todo modo, a fim de sanar qualquer tipo de distorção dos fatos, o vídeo foi retirado do ar”.

Mais Recentes da CNN