Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil e Argentina debatem integração da América do Sul nesta semana

    Será o primeiro encontro da diplomacia brasileira com representantes do governo argentino após a derrota do candidato governista, Sergio Massa, para Javier Milei

    Palácio do Itamaraty, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília
    Palácio do Itamaraty, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    Caio Junqueira

    Brasil e Argentina sentarão pela primeira vez na mesma mesa em uma reunião prevista para ocorrer nesta quarta-feira (22), em Brasília, na qual participarão todos os ministros de Defesa e de Relações Exteriores dos países sul-americanos.

    O Itamaraty confirmou à CNN que haverá o encontro.

    Será o primeiro encontro da diplomacia brasileira com representantes do governo argentino após a derrota do candidato governista argentino, Sergio Massa, nas eleições deste domingo. O vencedor foi Javier Milei.

    Esse tipo de encontro se chama “2 + 2”, justamente por reunir ministros de duas áreas estratégicas, Defesa e Relações Exteriores.

    No caso dessa reunião em específico, ela decorre do chamado “Consenso de Brasília”, o encontro liderado por Lula em Brasília no dia 30 de maio deste ano, que reuniu presidentes dos países da América do Sul.

    Um dos pontos divulgados pela carta era “estabelecer um grupo de contato, liderado pelos chanceleres, para avaliação das experiências dos mecanismos sul-americanos de integração e elaborar um mapa do caminho para a integração da América do Sul, a ser submetido à consideração dos Chefes de Estado”.