Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasília amanhece com vestígios de protestos, fim da transição e mais de 13 de dezembro

    Região central de Brasília amanheceu nesta terça-feira (13) com sinais dos atos de vandalismo promovidos por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), que tentaram invadir o edifício-sede da Polícia Federal na noite de segunda

    Na noite de segunda (12), manifestantes tentaram atirar ônibus incendiado de viaduto em Brasília (12.dezembro.2022)
    Na noite de segunda (12), manifestantes tentaram atirar ônibus incendiado de viaduto em Brasília (12.dezembro.2022) Reprodução/CNN

    CNN Brasil

    O rescaldo dos protestos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) em Brasília, que tentaram invadir a sede da Polícia Federal na noite desta segunda (13), e o encerramento dos trabalhos da transição de governo estão entre os destaques desta terça-feira (13).

    Brasília amanhece com fuligem, caçambas reviradas e prédios vandalizados após tentativa de invasão à PF

    A região central de Brasília amanheceu nesta terça-feira (13) com sinais dos atos de vandalismo promovidos por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), que tentaram invadir o edifício-sede da Polícia Federal na noite de segunda.

    CNN pôde verificar muita fuligem nas ruas por conta dos carros e ônibus que foram queimados pelos manifestantes.

    Contêineres, caçambas e árvores derrubadas também foram vistas na região do setor hoteleiro da capital federal.

    Algumas fachadas de prédios, inclusive hotéis, foram vandalizadas pelos apoiadores durante o protesto.

    Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) realizaram atos de vandalismo na noite desta segunda-feira (12) em Brasília. Houve tentativa de invasão da sede da Polícia Federal. 

    Lula deve participar do evento de encerramento da transição nesta terça-feira

    O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve participar de cerimônia de encerramento dos trabalhos de transição governamental nesta terça-feira (13).

    A expectativa é que Lula agradeça o trabalho realizado pelos grupos temáticos e, na ocasião, anuncie mais um grupo de ministros para 2023. O evento deve ocorrer por volta das 14h.

    A cúpula da transição — formada pelo vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB), coordenador geral do grupo, a deputada Gleisi Hoffmann (PT), coordenadora política e o ex-ministro Aloizio Mercadante (PT), coordenador dos grupos temáticos — deve participar do evento. Representantes de movimentos sociais e sindicais também foram convidados.

    “Em nenhum momento Lula foi exposto a qualquer risco”, afirma Dino

    O futuro ministro da Justiça do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Flávio Dino (PSB), afirmou, na noite desta segunda-feira (12), que o presidente da República eleito está sob segurança.

    “Em nenhum momento Lula foi exposto a qualquer risco”, declarou Dino, em entrevista coletiva. Ele disse ainda que Lula “está em absoluta segurança” em um hotel na Asa Norte de Brasília.

    “As investigações serão feitas” e pessoas “serão responsabilizadas”, disse. “O governador [do DF] Ibaneis [Rocha] garantiu cabalmente que haverá todo o efetivo necessário para que não se repitam essas ocorrências”, complementou o futuro ministro da Justiça.

    “Quem cometeu crime será responsabilizado”, diz secretário após vandalismo no DF

    O secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Júlio Danilo Ferreira, afirmou, nesta segunda-feira (12), que “quem cometeu crime será responsabilizado” após manifestantes apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) quebrarem cerca de dez veículos que estavam estacionados em frente ao prédio da Diretoria-Geral da Polícia Federal (PF), na Asa Norte de Brasília.

    “Quem for identificado será responsabilizado. Não será admitido que se continue com atos de vandalismo na cidade, ou seja, vamos atuar para isso não voltar a ocorrer. Caso venha alguém tentar cometer ato de vandalismo, será responsabilizado e reprimido de acordo com a lei. Quem cometeu crime será responsabilizado, onde quer que esteja. Essas pessoas serão alcançados”, ressaltou Júlio Danilo.

    “Prontamente, a Polícia Militar e a Polícia Civil responderam a essas agressões no intuito de reestabelecer a ordem, como agora, nesse momento, já foi reestabelecido. A polícia está nas ruas, continuaremos nas ruas, como já foi dito pelo ministro. Os crimes que foram acometidos serão apurados e os responsáveis serão responsabilizados”, enfatizou.

    Relator revisa orçamento para 2023 e turbina previsão para Desenvolvimento Regional

    A tabela do relator-geral do orçamento de 2023, senador Marcelo Castro (MDB-PI), apresentada na noite desta segunda-feira (12) atualiza e aumenta a previsão de recursos destinados a alguns ministérios para o ano que vem, com destaque para o Ministério do Desenvolvimento Regional.

    Em tabela apresentada pela manhã, a previsão era de que o relatório do orçamento de 2023, elaborado por Castro, reservasse R$ 9,5 bilhões à pasta do Desenvolvimento Regional.

    À noite, nova divulgação pela assessoria do parlamentar prevê R$ 18,8 bilhões para a pasta. Ou seja, o valor praticamente dobrou.

    Newsletter

    Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

    * Publicado por Léo Lopes