Bruno Araújo diz que o candidato do PSDB à Presidência é Doria

Em carta, o presidente do partido diz que as "prévias serão respeitadas"; governador de São Paulo decidiu permanecer na disputa presidencial

Rafaela LaraLayane Serranoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O presidente nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Bruno Araújo, afirmou nesta quinta-feira (31) que o candidato do partido à Presidência da República é João Doria, governador do estado de São Paulo.

A carta do presidente da sigla foi divulgada antes da confirmação de Doria de que vai continuar na disputa ao Palácio do Planalto, e afirma que as prévias, realizadas em novembro do ano passado, serão respeitadas.

Ele diz ainda que “não há, nem haverá” contestação à legitimidade da candidatura de Doria ao pleito pelo partido.

“Venho, por meio desta, reafirmar que o candidato a Presidente da República pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) é o Governador do Estado de São
Paulo, João Doria, escolhido democraticamente em prévias nacionais realizadas em novembro de 2021. As prévias serão respeitadas pelo partido. O governador tem a legenda para disputar a presidência da República. E não há, nem haverá qualquer contestação à legitimidade da sua candidatura pelo partido”, diz trecho da carta.

A carta de Araújo foi divulgada após uma parte do PSDB ter afirmado que Doria estava considerando permanecer como governador e disputar a reeleição em São Paulo, desistindo assim de disputar a eleição ao Palácio do Planalto.

No entanto, posteriormente, o político confirmou que continuará sendo pré-candidato à Presidência da República neste ano e anunciou sua renúncia do governo estadual.

Dessa forma, quem assumirá a administração do estado será o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB), que figura como pré-candidato a eleição estadual para tentar manter o PSDB no comando do governo paulista.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

Veja os possíveis pré-candidatos à Presidência da República em 2022

Mais Recentes da CNN