Câmara de São Paulo aprova criação de CPI da Prevent Senior

Vereadores vão apurar ações da operadora na capital paulista

Jairo Nascimentoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quinta-feira (30) a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Prevent Senior. O presidente da comissão será o vereador Antonio Donato, do PT.

Dentre os partidos que indicarão vereadores para a CPI estão o PSDB e o PSOL, além de outros dois grupos de legendas. A investigação tem o objetivo de avançar nas irregularidades que teriam acontecido em unidades da operadora de saúde na capital paulista.

Donato relatou à CNN que há indícios de crimes de homicídio doloso.

Os trabalhos também contarão com um possível compartilhamento de dados da CPI da Pandemia, no Senado, e da investigação da Polícia Civil e do Ministério Público do Estado de São Paulo.

CPI na Alesp

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) também avalia a abertura de uma CPI. A comissão foi protocolada nesta segunda-feira (27), com 40 assinaturas de deputados de diversos partidos.

O trabalho de investigação ainda depende de um projeto de resolução, que pode ser aprovado na próxima semana.

(Publicado por Marina Motomura)

Mais Recentes da CNN