Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Campanha de Lula decide antecipar anúncios com metas para programas como o Bolsa Família

    Acenos concretos ao agronegócio e agenda robusta na área ambiental também estão no radar

    Renata Agostinida CNN

    Ouvir notícia

    A campanha do ex-presidente Lula decidiu antecipar anúncios e colocar na rua metas concretas para um eventual novo governo petista.

    Transformar o formato do novo Bolsa Família em promessa de campanha é carro-chefe da estratégia, segundo integrantes do QG petista. Mas o plano vai além disso. O programa, que foi rebatizado para “Auxílio Brasil” por Jair Bolsonaro, será ampliado e terá um valor maior de forma permanente. O plano é que o benefício seja, ao menos, os atuais R$ 600 mais a inflação acumulada para o ano que vem.

    Além disso, a campanha do PT entende que é preciso desenhar e divulgar metas para programas que são marcas de governos petista, como o habitacional Minha Casa, Minha Vida, o Fies e o Prouni. Os números que serão apresentados ainda estão sendo fechados. Acenos concretos ao agronegócio, com formato do Plano Safra para um governo Lula, e agenda robusta na área ambiental também estão no radar.

    O entendimento é que compromissos com o meio ambiente conectam Lula com o eleitorado jovem e com a ideia de que ele vai retomar o diálogo do Brasil com o mundo.

    Para a campanha, Lula não pode mais “jogar parado” e precisa começar a “marcar gol”, diz um aliado do petista. De um lado, a campanha entrou em modo “fazer de tudo para levar no primeiro turno”, diz um integrante do QG petista. Por outro lado, há o diagnóstico de que Bolsonaro deve crescer em agosto entre os eleitores que ganham até dois salários mínimos com chegada do novo Auxílio Brasil. Por isso, fazer anúncios objetivos, com metas e acenos para o primeiro ano de governo Lula passa a ser crucial para conter a melhora do rival e também avançar.

    Antes, havia avaliação de que diretrizes mais gerais e a memória dos governos Lula comporiam o centro da estratégia. E metas mais concretas poderiam ficar para um eventual governo de transição. O cenário mudou e a ordem agora é colocar um pouco da cara do novo governo Lula na rua, explorando as propostas na campanha intensamente.

    O time de Lula trabalha para finalizar o programa de governo até meados de agosto, quando começa a propaganda eleitoral e próximo ao início do horário eleitoral na televisão. Após o lançamento das diretrizes do plano de governo, foram recebidas cerca de 15 mil contribuições para o programa de governo.

    Debate 

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro. 

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais. 

    Fotos — Os candidatos a presidente

    Mais Recentes da CNN