Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Centrão já levou ao Planalto nome de Occhi para a Caixa; decisão esbarra na representatividade feminina

    Lula gosta da indicação, mas teme críticas ao tirar uma mulher para dar lugar a um homem no governo

    Larissa Rodriguesda CNN

    Brasília

    Aliados do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), já fizeram chegar ao Palácio do Planalto o nome que querem no comando da Caixa Econômica Federal. Trata-se do ex-ministro e ex-presidente do banco público Gilberto Occhi, segundo fontes próximas a Lira e ao governo.

    Como a CNN mostrou na semana passada, os partidos do Centrão querem indicar um substituto para a atual presidente, Rita Serrano. A possibilidade de troca foi bem recebida pelo governo.

    Há um entendimento, no Palácio do Planalto, de que a presidente da Caixa tem aparecido pouco e aproveitado menos do que deveria o fato de a Caixa ser uma das responsáveis por grandes vitrines do PT, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida.

    São justamente esses programas que animam o bloco do Centrão, que havia prometido, em conversas iniciais, indicar um nome técnico para assumir o lugar de Maria Rita Serrano.

    Occhi é ligado ao senador Ciro Nogueira (PP-PI) e a Lira. O ex-ministro entraria no governo na cota do PP.

    Fontes do Planalto disseram à reportagem que o nome de Occhi também agradou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    No entanto, Lula teria dito a interlocutores temer as críticas que surgirão na substituição de uma mulher ligada ao partido e aos funcionários da Caixa por um homem. Isso porque já há intenção de trocar a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, pelo deputado Celso Sabino (União-PA).