Centrão pode subir tom contra Planalto se atos de 7 de setembro pregarem ruptura

PSD foi um dos partidos a manifestar publicamente o posicionamento

Da CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Os partidos do Centrão podem subir o tom contra o Palácio do Planalto se os atos programados para o dia 7 de setembro pregarem uma ruptura institucional. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Uma das siglas que já se manifestou sobre o assunto foi o PSD. O presidente nacional da legenda, Gilberto Kassab, afirmou que se Jair Bolsonaro (sem partido) utilizar as manifestações para pregar um golpe ou o ataque a outros Poderes, ele mudará de atitude tanto no âmbito partidário como no Congresso Nacional.

O chefe do Executivo quer participar dos protestos pessoalmente em Brasília e São Paulo. No último fim de semana, ele disse que não deseja “provocar rupturas”, mas que tudo teria “um limite”.

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN