Chegou a hora de convocarmos alguns governadores, diz Randolfe

Vice-presidente da CPI da Covid também afirmou que o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, é um forte candidato a ser indiciado

Fernanda Colavitti e Jorge Fernando Rodrigues, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN neste domingo, o vice-presidente da CPI da Pandemia, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que chegou a hora de convocar alguns governadores para prestarem depoimento na CPI da Pandemia, citando Wilson Lima (PSC), do Amazonas, Wilson Witzel (PSC), ex-governador do Rio de Janeiro, e Cláudio Castro (PSC), atual governador do estado.

A afirmação foi feita no mesmo dia em que o presidente Bolsonaro participou de uma manifestação com motociclistas no Rio de Janeiro. O governador Cláudio Castro recepcionou o presidente neste domingo, no Parque Olímpico, mas não acompanhou o ato. Randolfe disse que irá pedir esclarecimentos ao governo e à prefeitura do Rio sobre a aglomeração durante o evento.

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, também participou da manifestação. Sem usar máscara, chegou a discursar ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Sobre a participação do ex-ministro na manifestação Randolfe Rodrigues afirmou: “temos um forte candidato a ser indiciado (na CPI da Pandemia) que é Eduardo Pazuello”. Segundo Randolfe, o ex-ministro se “auto-indiciou” ao desrespeitar os mais de 440 mil mortos pela Covid-19.

Relatório preliminar e efeito prático

Em relação à possibilidade de um relatório preliminar, Randolfe disse que concorda com os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL) de que isso “não é adequado”. “Não existe relatório preliminares em CPI, existe relatório que apresenta resoluções. O tempo para isso é até agosto”, afirma. 

Sobre o efeito dessas resoluções, o senador afirmou que “o resultado de uma CPI tem a força de um inquérito” e que “caberá às autoridades o prazo de 30 dias para se manifestar sobre quais providências irão tomar a partir desse inquérito”.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) (23.Mai.2021)
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) (23.Mai.2021)
Foto: Reprodução/CNN

 

Mais Recentes da CNN