Congresso derruba veto à lei contra despejo na pandemia de Covid-19

Lei suspende as decisões de desocupação ou remoção do imóvel retroativas ao início da pandemia, ou seja, março do ano passado, e vale até o fim de 2021

Pedro Teixeirada CNN

Em Brasília

Ouvir notícia

O Congresso Nacional derrubou o veto total do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao projeto que proíbe despejo e desocupação de imóvel durante a pandemia.

A derrota foi grande para o Palácio do Planalto. Na Câmara dos Deputados, foram 435 votos pela derrubada do veto e apenas seis contrários.

No Senado, o placar foi unânime: todos os 57 senadores presentes votaram contra o veto do presidente.

A lei suspende as decisões de desocupação ou remoção do imóvel retroativas ao início da pandemia, ou seja, março do ano passado, e vale até o final do ano.

Mais vetos serão analisados

A análise dos vetos mais polêmicos ficará para a próxima quinta-feira (30). Dentre os temas postergados, estão o veto parcial para empregados demitidos da Eletrobras pós-privatização comprarem ações da empresa e a revogação da Lei de Segurança Nacional (LDN).

Geralmente, as sessões do Congresso Nacional são conjuntas, lideradas pelo presidente do Senado, cargo atualmente ocupado por Rodrigo Pacheco (DEM-MG), mas as votações estão sendo separadas como medida de prevenção durante a pandemia.

Mais Recentes da CNN