Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Congresso discute fundão de R$ 4,5 bilhões para aprovar orçamento

    Valor a ser aplicado nas eleições de 2022 continuaria a corresponder mais do que o dobro dos recursos utilizados nas eleições de 2020

    Basília Rodriguesda CNN

    Brasília

    Deputados e senadores discutem reduzir o valor do fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões para valores entre R$ 4,5 e 4,7 bilhões, após a repercussão negativa da derrubada do veto presidencial que impedia o reajuste.

    O valor a ser aplicado nas eleições de 2022 continuaria a corresponder mais do que o dobro dos recursos utilizados nas eleições de 2020.

    Na semana passada, o Congresso derrubou o veto ao reajuste, o que resultou em críticas e abriu negociações para outro valor fosse definido.

    No relatório divulgado nesta segunda-feira, o relator Hugo Leal, propôs que sejam repassados R$ 5,1 para o fundão – uma redução considerada pouco significativa, no entanto, por integrantes da Comissão Mista de Orçamento.

    De acordo com membros da CMO, o impasse em torno do tamanho do fundo foi um dos principais motivos para adiar a votação do orçamento nesta segunda-feira.

    À CNN, o senador Izalci Lucas afirmou que houve pedido para que a diferença do que será retirado do fundão seja destinado à educação.

    “Pode reduzir mais e enviar esses recursos para educação. São alguns milhões de reais que ajudariam, por exemplo, nas obras paradas. Tem muita creche que precisa desse dinheiro”, afirmou à CNN.