Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Construção de um ensino de qualidade”, diz Camilo Santana sobe aprovação do novo ensino médio

    Câmara aprovou o texto que vai para sanção presidencial

    Novo Ensino Médio foi aprovado pela Câmara
    Novo Ensino Médio foi aprovado pela Câmara Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Manoela Carluccicolaboração para a CNN São Paulo

    O ministro da Educação, Camilo Santana, comemorou a aprovação do texto do novo ensino médio, votado pela Câmara dos Deputados nesta terça-feira (9).

    “O novo ensino médio está aprovado. É o resultado do diálogo respeitoso que envolveu estudantes, professores, entidades diversas e parlamentares”, afirmou o ministro.

     

    Para Santana, aprovação significa a “construção de um ensino médio de qualidade, que contribua para um país de mais oportunidades”.

    A votação na Câmara

    Em sessão nesta terça-feira (9), os parlamentares decidiram por rejeitar parte das mudanças feitas no Senado, como a inclusão da língua espanhola como obrigatória no currículo escolar.

    Além disso, o relator retirou a restrição da ampliação da carga horária mínima anual somente para o ensino médio.

    Também foi retirado do texto aprovado no Senado as restrições sobre o modelo de ensino a distância.

    A proposta segue agora para sanção presidencial

    Como fica o Ensino Médio?

    • Formação Geral Básica com 2,4 mil horas (somados os três anos do ensino médio)
    • Itinerários Formativos com 600 horas (escolhidos pelo aluno)

    Para o Ensino Técnico, serão 2.100 horas para disciplinas obrigatórias, com a possibilidade de até 300 horas da carga horária da formação geral básica serem destinadas ao aprofundamento de estudos relacionados à formação técnica profissional.

    *Com informações de Emilly Behnke