Coppolla: ‘Alguns não percebem as consequências da escalada autoritária do STF’

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (19), o comentarista avalia a prisão e o futuro do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (19), o comentarista Caio Coppolla avalia a prisão e o futuro do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). 

“Hoje, nós temos um parlamentar investigado que, independentemente do seu caráter, das suas ideias e da sua biografia, foi preso ilegalmente, num ato claro de casuísmo e abuso de autoridade, vedado pela Constituição. Mas em vez de mostrar ao público o absurdo jurídico dessa prisão, a imprensa brasileira parece optar por denunciar, com prioridade e alarde, a apreensão de celulares na cela do parlamentar, criticando seu acesso ao pátio da carceragem e a sua interação com apoiadores. Isso é o equivalente moral a criticar uma pessoa que está apanhando de 11 agressores por ela ter cuspido neles. Mas a real é que chega a ser cômico esse duplo padrão: sobre os privilégios nababescos desfrutados pelo “corrupto de estimação”, nem um pio; já sobre as pequenas concessões carcerárias ao “deputado bolsonarista”, preso ilegalmente, aí vem uma revoada de gralhas”, disse Coppolla.

“Aliás, são gralhas gralhando contra sua própria liberdade de gralhar. Ou vocês acham bacana que vídeos de crítica às autoridades sejam usados permanentemente para decretar a prisão em flagrante de gente que tem coragem e hombridade para contrariar os interesses dos poderosos de Brasília ou dos tribunais? Certas gralhas estão tão distraídas na sua militância contra o presidente da República e tudo que puder ser associado a ele, que não percebem as consequências dessa escalada autoritária do STF.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Caio Coppolla e Rita Lisauskas. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

 

Caio Coppolla no quadro Liberdade de Opinião
Caio Coppolla no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN (19.fev.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

 

 

 

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN