CPI da Pandemia deve ouvir diretor executivo da Prevent Senior nesta quinta-feira (16)

Inicialmente, a Comissão pretendia ouvir o representante da Prevent Senior na sexta-feira (17). O depoimento, porém, foi antecipado após impossibilidade de notificar Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos

CPI da Covid-19 deve apurar suposta pressão para "tratamento precoce" pela operadora Prevent Senior
CPI da Covid-19 deve apurar suposta pressão para "tratamento precoce" pela operadora Prevent Senior 15/06/2021REUTERS/Adriano Machado

Nathallia Fonsecada CNN

Ouvir notícia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia deve ouvir, nesta quinta-feira (16), o diretor executivo da operadora de saúde Prevent Senior, Pedro Benedito Batista Júnior. O objetivo é investigar a empresa sobre uma suposta pressão para que os médicos conveniados prescrevessem medicamentos do chamado tratamento precoce para a Covid-19, sem eficácia e segurança comprovada.

Inicialmente, a Comissão pretendia ouvir o representante da Prevent Senior na sexta-feira (17). O depoimento, porém, foi antecipado após impossibilidade de notificar Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos e depoente previsto para esta quinta-feira.

Além disso, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o depoente a não responder perguntas que possam incriminá-lo. O documento também assegura “o direito a ser assistido por advogado durante todo o depoimento; e o direito a ser inquirido com dignidade, urbanidade e respeito, não podendo sofrer quaisquer constrangimentos físicos ou morais, em especial ameaças de prisão ou de processo”.

O requerimento é de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE) e aponta a aquisição, distribuição e indução ao uso de medicamentos como a cloroquina e a hidroxicloroquina, “que compõem com outros medicamentos o chamado ‘kit Covid’ e a terapêutica do ‘tratamento precoce’ (…) como política pública para enfrentamento da Covid-19″, pela operadora de saúde.

O senador argumenta ainda que não há resultados positivos com base científica associados ao chamado tratamento preventivo contra a Covid-19, que pode apresentar, inclusive, reações adversas graves.

*Com informações da Agência Senado

Mais Recentes da CNN