Datena diz ter sido ameaçado por hacker após receber apoio de Bolsonaro para o Senado

Em seu programa de rádio matinal, apresentador e pré-candidato a senador por São Paulo afirmou ter registrado queixa na polícia

O apresentador José Luiz Datena
O apresentador José Luiz Datena Andre Lessa/Estadão Conteúdo

Felipe Romeroda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O apresentador e pré-candidato ao Senado pelo PSC em São Paulo, José Luiz Datena, disse ter sido ameaçado por um hacker após receber apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) para as eleições de 2022.

“Nunca tive problema com isso, mas esses dias um cara me passou mensagem dizendo que era hacker e que tinha todos os meus dados”, disse Datena, em seu programa matinal na Rádio Bandeirantes desta terça-feira (17).

“Ameaça de morte eu recebo faz tempo, mas foi só me anunciar candidato para aparecer um tal de hacker na minha vida”, disse o apresentador.

“Eu mandei que ele enfiasse os dados onde quisesse, e ele me respondeu com todos meus dados, meus e-mails, dizendo que ele tinha mesmo”, afirmou Datena.

Ele entrevistava a deputada federal Carla Zambelli (PL) quando contou da ameaça recebida. Zambelli comentou sobre a existência de um hacker “que sempre ameaça quem se aproxima do Bolsonaro”

“Não sei quem ele é, mas a polícia está atrás dele viu, fiz uma queixa policial, mas estou me lixando pra ele”, concluiu o pré-candidato.

A CNN procurou José Luiz Datena para entender os detalhes da ameaça e aguarda retorno.

Mais Recentes da CNN