Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Defesa de suspeitos de agredir Moraes pede pela quarta vez imagens de Roma

    Em petição enviada nesta quarta-feira (27) ao STF, à qual a CNN teve acesso, o advogado Ralph Tórtima informa que já fez o mesmo pleito outras três vezes: em 24 de julho, 31 de agosto e 11 de setembro

    Raquel Landim

    A defesa do casal investigado sobre agressão ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), reiterou o pedido de acesso às imagens do aeroporto de Roma.

    Em petição enviada nesta quarta-feira (27) ao STF, à qual a CNN teve acesso, o advogado Ralph Tórtima informa que já fez o mesmo pleito outras três vezes: em 24 de julho, 31 de agosto e 11 de setembro.

    No documento, a defesa também solicita a redistribuição do caso, alegando que o episódio não tem vinculação com os atos criminosos do dia 8 de janeiro e está sendo investigado em inquéritos sobre o assunto.

    Roberto Mantovani Filho e a esposa dele, Andrea Munarão, são acusados de, supostamente, agredir o ministro Alexandre de Moraes e sua família com xingamentos no aeroporto da capital italiana.

    Na ocasião, Andrea teria chamado Moraes de “bandido, comunista e comprado”.

    A investigação vem sendo conduzida pela Polícia Federal brasileira. Depois de uma longa tramitação, as imagens do episódio foram enviadas pelas autoridades italianas ao Brasil.

    Vídeo — Moraes rebate declarações de presidente do PT sobre TSE