‘Derrota de Bolsonaro’, diz Doria sobre eleição em São Paulo

Com as urnas ainda em apuração, o atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apoiado por Doria, deve ir para o segundo turno com o candidato do PSOL, Guil

João Doria (PSDB), governador de São Paulo
João Doria (PSDB), governador de São Paulo Foto: CNN (23.set.2020)

Renata AgostiniIgor Gadelhada CNN

Ouvir notícia

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse à CNN, na noite deste domingo (15), que a apuração da disputa pela prefeitura da capital paulista mostra uma “derrota” do presidente Jair Bolsonaro.

“Vitória da democracia. Derrota de Bolsonaro”, afirmou Doria à coluna, por meio de mensagem de texto, em referência ao chefe do Palácio do Planalto, contra quem deseja disputar as eleições presidenciais de 2022. 

Leia também

Não votei no primeiro turno, posso votar no segundo?

Eleições 2020: Como pagar a multa por não votar e qual o valor dela?

Com as urnas ainda em apuração, o atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apoiado por Doria, deve ir para o segundo turno com o candidato do PSOL, Guilherme Boulos. 

Apoiado publicamente por Bolsonaro, o deputado federal Celso Russomano (Republicanos) está em quarto lugar na apuração e deve ficar de fora da segunda etapa da eleição.

Indagado se uma disputa com Boulos será mais fácil para Covas, o governador paulista desconversou. “Em campanha não escolhe adversário”, disse Doria.

Mais Recentes da CNN