Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dino começa despedida da Justiça, tira fotos com equipe e ganha blusa do Botafogo

    Ministro da Justiça assumirá cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF)

    Flávio Dino (ao centro, com a camiseta do Botafogo) na despedida do Ministério da Justiça
    Flávio Dino (ao centro, com a camiseta do Botafogo) na despedida do Ministério da Justiça Tom Costa/MJSP

    Elijonas Maiada CNN

    Brasília

    O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, começou sua despedida pela pasta no fim da tarde desta quarta-feira (10).

    Dino tirou fotos com a equipe de comunicação – assessoria, audiovisual e redes sociais – e posou para fotos na escadaria do Salão Negro do Palácio da Justiça.

    O ministro da Justiça, que assumirá uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) com a aposentadoria da ministra Rosa Weber, conversou com os servidores, recebeu relatórios de empenho e uma blusa do Botafogo, seu time do coração.

    Aos servidores, se despediu: “tenho feito um esforço grande nesses dias difíceis para conter sentimento de tristeza, mas que são evidentes e normais porque foi uma mudança de rumo muito abrupta. Eu tinha me organizado – em termos emocionais, de vida e mente – para ficar aqui por um bom tempo na Justiça”, disse com semblante emocionado.

    Após a despedida, Dino foi para o Palácio do Alvorada. Há expectativa de que o nome do novo titular da pasta seja anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (11).

    Segundo apuração do repórter da CNN Pedro Teixeira, integrantes do Palácio do Planalto já avisaram alguns ministros do STF que Lula escolheu Ricardo Lewandowski, ministro aposentado da Corte, para ser o novo titular da Justiça e Segurança Pública de seu governo, substituindo Dino.

    Lula e Lewandowski já tiveram breves conversas sobre a formação da equipe, caso assuma a pasta.

    Nesta quarta, quem também se despediu do MJSP foi o secretário-executivo adjunto, Diego Galdino. Ele ficou como “02” de Dino em algumas ocasiões, como quando Ricardo Cappelli virou interventor federal na segurança do Distrito Federal após o 8 de janeiro do ano passado.

    “Me despedi hoje com o coração cheio de gratidão e sensação de dever cumprido. Estarei partindo para novos desafios, motivado e sempre pronto para ajudar a nossa população”, declarou nas redes sociais.