Dr. Jairinho apresenta defesa no processo de cassação na Câmara do Rio

Prazo para apresentação da defesa se encerraria nesta sexta-feira (21)

Dr. Jairinho está preso desde 8 de abril
Dr. Jairinho está preso desde 8 de abril Foto: Vitor Brugger - 8.mar.2021/Am Press & Images/Estadão Conteúdo

Ana Lícia Soares, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O advogado do vereador Jairo Souza Santos Junior (sem partido), o Dr. Jairinho, entregou na tarde desta sexta-feira (21) à presidência da Câmara Municipal do Rio de Janeiro a defesa por escrito no processo de cassação do mandato do vereador. O prazo para a entrega terminaria nesta sexta-feira. 

No documento, o advogado Berilo Martins da Silva Netto alega que a cassação do mandato de Jairinho “carece de qualquer base legal”. 

Dr. Jairinho está preso desde o dia 8 de abril pela morte de Henry Borel, filho da namorada do vereador, Monique Medeiros. No dia 9 de maio, ele foi afastado da Câmara, quando completou um mês sem cumprir as funções parlamentares. Antes, ele havia sido expulso do partido Solidariedade. Monique Medeiros também está presa. 

Jairinho e Monique foram indiciados por homicídio duplamente qualificado por emprego de tortura na morte de Henry Borel.

Mais Recentes da CNN