Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    É importante que Lula diga o que fará sobre erros do PT, diz especialista

    Cientista político Ricardo Caldas reforça a importância de Lula garantir que, caso seja eleito, governo não volte a ser vinculado à corrupção

    Da CNN

    Em São Paulo

    Durante um evento da Escola Nacional de Formação do Partido dos Trabalhadores (PT) realizado virtualmente, nesta quarta-feira (29), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o PT “tem defeito”, “não presta em algumas coisas” e que é “preciso consertar”. Para o cientista político Ricardo Caldas, é importante que Lula seja claro em relação ao que fará sobre erros do partido.

    “O presidente mesmo não mencionou quais foram os erros do PT, mas é preciso que ele venha a público para explicitar quais seriam esses equívocos e o que ele fará sobre eles. O que sabemos e é fato é que o nome Partido dos Trabalhadores ficou inevitavelmente associado à corrupção. Então, essa é uma questão que terá de ser respondida a todo tempo pelo Lula, que se apresenta como pré-candidato do partido”, afirmou Caldas.

    O cientista político ainda afirmou que a fala do ex-presidente é uma antecipação ao que o espera nas eleições do ano que vem e reforçou que o Partido dos Trabalhadores também deveria vir a público para justificar os escândalos de corrupção durante os mandatos de Lula e Dilma Rousseff.

    “Na minha opinião, Lula já está se preparando para as eleições do ano que vem e se antecipando a um tema que ele sabe que será cobrado por outros candidatos e também pela população. Até agora, o PT não fez nenhuma autocrítica, não assumiu nenhum erro e nem se justificou. É muito importante que o partido também venha a público para dar explicações. E, se Lula realmente for candidato, ele tem que deixar clara qual será a garantia de que, caso ele seja eleito, não seja um governo novamente movido pela corrupção”, afirmou o cientista político.