Em busca de apoio, André Mendonça participa de jantar com senadores

Senadores governistas ouvidos pela CNN disseram que já há entre 45 e 50 votos, o que seria suficiente para a aprovação do nome -- são necessários 41 votos

André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal pelo presidente Jair Bolsonaro
André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal pelo presidente Jair Bolsonaro Marcelo Camargo/Agência Brasil

Basília Rodrigues

Ouvir notícia

Indicado à vaga de ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), André Mendonça participa, na noite desta quarta-feira (25), de jantar oferecido pela bancada de senadores do PSD, a segunda maior do Senado.

Depois do PL e Cidadania, será a vez do PSD manifestar apoio ao indicado. O encontro ocorrerá às 20h, no apartamento do senador Lucas Barreto (PSD-AP).

Com a união de apoios declarados ou não publicamente, senadores governistas ouvidos pela CNN disseram que já há entre 45 e 50 votos, o que seria suficiente para a aprovação do nome — são necessários 41 votos.

Mendonça continua sem perspectiva de sabatina, uma vez que a data não foi marcada pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP). Senadores pró-Mendonça intensificaram a pressão sobre Alcolumbre nesta semana para que a sabatina ocorra.

Mais Recentes da CNN