Espera-se que o Brasil entenda nova conjuntura com Biden, diz analista de risco

"Esperamos que o Planalto entenda essa nova conjuntura e costure ações para um melhor resultado diplomático," disse Creomar de Souza

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Com a escolha de Juan Gonzalez como diretor sênior para o Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional, o governo Bolsonaro ganha um crítico no alto escalão do governo de Joe Biden para assuntos da América Latina. 

Em entrevista à CNN, o analista de risco político Creomar de Souza diz que o Brasil se torna um alvo preferencial para futuras narrativas no campo ambiental do governo americano a cada minuto que passa sem entender a nova conjuntura dos EUA.

Leia também

Biden anuncia novos nomes da sua equipe econômica a duas semanas da posse

Apesar de novo tom, Trump não aceitou a transição democrática, avalia analista

Twitter suspende a conta de Donald Trump permanentemente

“O Brasil vai se tornando a cada minuto um alvo preferencial de qualquer tipo de narrativa que o governo Biden precise criar para acomodar interesses de grupos mais progressistas ou com interesse em pautas ambientais,” disse Creomar.

“Esperamos que o Planalto entenda essa nova conjuntura e costure ações para um melhor resultado diplomático. Ainda não tenho evidências para dizer que o governo entendeu, mas esperamos que sim.”

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden
O presidente eleito dos EUA, Joe Biden
Foto: Jonathan Ernst – 10.nov.2020 / Reuters

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN