Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ex-ministro Joaquim Barbosa critica PL do Aborto e acusa país de ser “acéfalo”

    O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa voltou às redes para criticar o projeto de lei sobre aborto e a atuação do Congresso e do presidente Lula

    Da CNN São Paulo

    O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa usou as redes sociais para fazer duras críticas ao PL do Aborto e à atuação do Congresso Nacional e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    Em sua postagem, Barbosa iniciou afirmando que médicos, advogados e engenheiros são “castas historicamente privilegiadas” que se consideram donas do país e gostam de “ditar normas”.

    Críticas ao Congresso e ao governo Lula

    Ele prosseguiu dizendo que, em inúmeras questões da sociedade, o Brasil é “acéfalo”, com um Congresso “omisso” e “retrógrado”. Barbosa também criticou Lula, afirmando que o presidente tem sido “omisso em muitas questões” e está “em cima do muro”, sendo “conservador” e “à la carte”.

    Segundo o ex-ministro, Lula é “incapaz de liderar o país em várias áreas em que poderíamos avançar de forma significativa”, se o “natural poder de liderança e persuasão” da Presidência fosse usado de forma inteligente para “fazer avançar certas pautas” que colocariam o Brasil na “vanguarda do obscurantismo”.

    As críticas de Joaquim Barbosa refletem sua insatisfação com a atuação do Congresso e do governo federal em relação a questões controversas, como o aborto, e a suposta falta de liderança e avanço em pautas consideradas progressistas.

    Os textos gerados por inteligência artificial na CNN Brasil são feitos com base nos cortes de vídeos dos jornais de sua programação. Todas as informações são apuradas e checadas por jornalistas. O texto final também passa pela revisão da equipe de jornalismo da CNNClique aqui para saber mais

    (Publicado por Raphael Bueno, da CNN Brasil)