Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fux prorroga trabalho remoto no STF até o fim de fevereiro

    Decisão levou em conta a alta disseminação do coronavírus na capital federal

    Gabriel Hirabahasida CNN

    Ouvir notícia

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, autorizou, até o fim de fevereiro, a prorrogação da portaria que autoriza o trabalho remoto excepcional na Corte.

    A informação foi confirmada pelo STF por meio de nota enviada nesta quarta-feira (26).

    A decisão foi tomada por causa da alta disseminação do coronavírus na capital federal. A portaria autorizando a prorrogação dos trabalhos remotos deve ser publicada nesta quinta-feira (27), segundo o STF.

    Por causa disso, de acordo com o Supremo, a sessão da próxima terça-feira (1º) de reabertura dos trabalhos após o recesso será realizada de maneira totalmente remota.

    O STF retomou as sessões físicas em novembro do ano passado, após meses de trabalho remoto por causa da pandemia da Covid-19.

    Diante da vacinação dos ministros e da redução na taxa de transmissão do coronavírus no Distrito Federal, os ministros voltaram, gradualmente, a participar das sessões no plenário do Supremo de maneira presencial.

    A ministra Rosa Weber, no exercício da Presidência do STF durante o recesso, já havia permitido o trabalho remoto até o fim de janeiro, diante do avanço da pandemia da Covid-19 em Brasília.

    Mais Recentes da CNN