Garcia: Constituição nos lembra dos censores que não aceitam a liberdade de imprensa

No quadro Liberdade de Opinião, jornalista repercutiu declaração de Lula sobre regular veículos de imprensa, caso seja eleito em 2022

Da CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (27), o jornalista Alexandre Garcia comentou a declaração do ex-presidente Lula de que vai regulamentar os meios de comunicação se for eleito presidente em 2022. 

“Ele está prometendo uma ‘bolsa jornais’ para ver se acalma o pessoal que vai gritar quando fala em regulamentar. Não sei se ele combinou algo com o Supremo, porque o Supremo vem ferindo o artigo 215 da Constituição. Será que ele quer dar o tiro de misericórdia?”, questionou o jornalista.

“Parece mentira que num momento desse a gente tenha que valorizar a Constituição para nos lembrar dos censores, das cabeças totalitárias, que não aceitam a liberdade de expressão, a liberdade de imprensa. Eu cobri o governo Lula e desde o início ele vem falando nisso. Eu acho que a regulamentação é feita pelo leitor, pelo telespectador, pelo ouvinte.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Fernando Molica e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião / CNN Brasil (27.ago.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

 

Mais Recentes da CNN